INÍCIO   -   BIOGRAFIA   -   NOTÍCIAS   -   FOTOS   -   BOLETINS   -   VÍDEOS   -   LEGISLAÇÃO   -   CONTATO
 

Deputado Celinho e SINTTEL/MG apelam pela não privatização da CEMIG Telecom
 


 

O deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB) acompanhado dos dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Minas Gerais Sinttel-MG, Adenilson Henriques e Luiz Paula tiveram reunião com o Presidente da CEMIG, engenheiro Benardo Alvarenga nesta terça-feira (03/10) em busca de melhores esclarecimentos sobre o processo de venda de ativos anunciado pela Cemig, que inclui a venda da Cemig Telecom.
A Cemig Telecom é o braço da estatal mineira na área de comunicação e possui hoje, depois do recente PDV, 117 trabalhadores. Criada para atender às demandas do Grupo e prestar serviços para outras operadoras de telecomunicações, a Cemig Telecom ampliou sua rede de atendimento a partir de 2015, e hoje atende mais de mil clientes corporativos – públicos e privados – em cerca de 100 cidades de sete Estados.
De acordo com informações da CEMIG; o Edital de privatização da CEMIG Telecom, que tem um patrimônio avaliado em 193 milhões de reais, está em elaboração.
Logo na abertura da reunião, os sindicalistas deixaram clara a sua preocupação com o emprego dos trabalhadores e com a possibilidade de enfraquecimento da CEMIG com esta privatização. Adenilson Henriques falou sobre a necessidade de garantia dos postos de trabalho e dos direitos conquistados pelos trabalhadores da CEMIG Telecom. “Os trabalhadores querem preservar seus vínculos com a CEMIG. A Empresa é uma referência para todos, bem como os empregos e direitos adquiridos. Temos na Telecom hoje 92 funcionários próprios e 25 da InfoVia.”, esclareceu o representante do Sinttel.
Os sindicalistas receberam apoio do deputado Celinho do Sinttrocel que acrescentou argumentos relativos à necessidade do fortalecimento da Empresa: “num momento como o que vivemos, onde, por insensibilidade do Governo Federal, o patrimônio da CEMIG foi dilapidado – com o leilão das quatro usinas – é preciso fortalecer a empresa. E a CEMIG Telecon é uma das empresas de ponta do Grupo e tem um corpo técnico qualificado. Este é um patrimônio a ser preservado”.
Reconhecendo a importância da CEMIG Telecom, o Presidente Benardo Alvarenga apresentou um balanço preocupante da empresa. Segundo ele, a CEMIG passa por uma situação muito delicada: “nossa situação financeira é muito difícil. Em que pese a Empresa tenha mais de oito milhões de clientes, nossa dívida é imensa e os juros são escorchantes. Estamos jogando duro com os bancos credores e não vamos permitir que eles estrangulem ainda mais a Empresa. Daí nossa maior desafio do momento é recompor a CEMIG, enxugar um pouco dos nossos investimentos e sanear nossas contas – para depois voltar a investir. E isso vai exigir sacrifícios – não só na CEMIG Telecom, mas também na GASMIG, na LIGHT, na Usina de Santo Antônio e outras empresas do Grupo.”
Os sindicalistas, como também o Deputado Celinho, insistiram na necessidade da CEMIG manter o controle do serviço de telecomunicação, como um elemento estratégico para a própria Empresa. Em seguida defenderam a expansão dos serviços, tanto diretamente para o mercado como para o fornecimento de serviços para instituições públicas e de internet popular.
O Presidente da empresa informou da urgência do assunto e dos estudos em andamento e que estaria aberto a novas propostas “levem em conta a situação dramática que a CEMIG vive. A CEMIG Telecom, exigiria investimentos que não temos condições de fazer hoje, mas estamos abertos a novas sugestões”.
Ao final da reunião, indicação do deputado Celinho do Sinttrocel, os representantes do Sinttel – Adenilson Henriques e Luiz Paula – se comprometeram a formular e apresentar uma proposta alternativa à privatização e ao controle privado puro e simples da CEMIG Telecom.
A proposta vai ser encaminhada para a Direção da empresa e, num prazo de quinze dias, será entregue ao Superintendente de Coordenação e Representação Parlamentar, Anderson Ferreira.
Tanto o Deputado Celinho como o representante do Sinttel, consideraram a reunião positiva e um passo importante para o equacionamento dos problemas da Cemig sem maiores prejuízos para os trabalhadores e para a população mineira. “Este é sempre o compromisso maior de nosso Mandato” finalizou o deputado.


04/10/2017


 
     

 

 

 


<< Voltar a tela anterior
 
 
 
     
     
  GABINETE OFICIAL - CELINHO DO SINTTROCEL
Rua Rodrigues Caldas, 79 - Edifício Tiradentes - 15º andar - sala 02 - Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG - CEP 30190120
Telefone (31) 2108-5905