HOME       A ENTIDADE       FILIE-SE        EDITAIS        DEP. JURÍDICO         LOCALIZAÇÃO        BOLETINS        CONTATO
  NOTÍCIAS | Fique ligado nas notícias oficiais do Sind-UTE - Subsede de Ipatinga
     
 
 

Sind-UTE/MG se reúne com o Colegiado de Diretores

 

A direção do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) se reuniu nesta semana com o Colegiado de Diretores, para tratar de assuntos relacionados à Pauta Salarial Educacional 2019 bem como para ouvir os diretores sobre os principais problemas enfrentados no dia a dia das escolas. Além disso, a reunião visou ainda a apurar denúncias recebidas pelo Sind-UTE/MG acerca do desvio de função dos assistentes de educação.

Uma das reclamações dos diretores diz respeito ao andamento do programa de Educação Integral em Ipatinga. A ausência de coordenador para o projeto está prejudicando seu desenvolvimento e sobrecarregando os profissionais da escola. Além disso, a falta de informações e de acesso ao sistema,bem como de reuniões de avaliação,também foi uma queixa dos profissionais das equipes diretivas. A reivindicação será levada à Secretaria de Educação de Ipatinga na próxima semana.

Outra preocupação do grupo é com relação aos professores de área. Sem aprovados no concurso e sem processo seletivo vigente, há um déficit de profissionais já para o próximo mês. Isso porque a rede municipal está perdendo professores para a rede estadual. “Somente nesta quinta-feira (19), 21 novos profissionais tomam posse no Estado. Ao mesmo tempo em que é resultado da luta do Sind-UTE/MG para concursos e nomeações no âmbito do Estado, evidencia a defasagem dos salários da rede municipal, uma vez que em Minas o Piso Salarial apresentou avanços significativos, enquanto Ipatinga resiste em cumprir a lei”, afirma o Sind-UTE/MG.

NOVAS CARREIRAS

A atuação dos novos assistentes de educação básica também foi tema da reunião, em razão de denúncias de desvio de função. As dificuldades da nova carreira têm sido acompanhadas pelo Sind-UTE/MG, subsede de Ipatinga, desde a posse, no início de 2019. “Um dos principais problemas dizia respeito ao horário de intervalo e da jornada de trabalho. Agora, surge a questão do desvio de função. Levaremos a situação para a Secretaria Municipal de Educação na próxima semana e daremos um retorno para a categoria”, afirma o Sind-UTE/MG.

No encontro, ainda foram tratados itens relativos à saúde do trabalhador, como a regularidade do fornecimento de Equipamentos de Proteção Individuais.

 


 

<< Voltar a tela anterior