HOME       A ENTIDADE       FILIE-SE        EDITAIS        DEP. JURÍDICO         LOCALIZAÇÃO        BOLETINS        CONTATO
  NOTÍCIAS | Fique ligado nas notícias oficiais do Sind-UTE - Subsede de Ipatinga
     
 
 

Sind-UTE/MG, Trabalhadores em Educação e Comunidade Escolar resistem à municipalização

 

O Vale do Aço vive hoje um momento histórico. Com paralisação de 90% das Escolas Estaduais, o Vale do Aço se une em defesa da educação. Contra o fechamento de escolas em Coronel Fabriciano, alunos da Escola Dr. Querubino, servidores e comunidade escolar estiveram reunidos nesta manhã, em frente a Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano, portando faixas e cartazes com dizeres de SOS em defesa da escola.

              

 Na madrugada desta mesma quarta-feira, organizada pelo Sind-UTE/MG, subsede de Ipatinga, uma caravana saiu com destino a Belo Horizonte para participar de duas atividades. Às 9h30, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, acontece a Audiência Pública na Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, para debater o Plano de Atendimento para 2020 na rede estadual de ensino, a municipalização, o fechamento de turmas, turnos e escolas. A audiência foi convocada pela Deputada Estadual Beatriz Cerqueira.

 Após participarem da audiência na ALMG, os trabalhadores/as em Educação seguem para a Cidade Administrativa, às 14 horas, onde acontece uma vigília de pressão pelo pagamento integral do 13º salário de 2019 e do Piso Salarial Profissional, contra a municipalização, o fechamento de turmas, turnos e escolas e em defesa do emprego.

Integram essa caravana servidores do Vale do Aço e de João Monlevade. Em Belo Horizonte, ela se junta a outras caravanas organizadas em todo o Estado de Minas Gerais, para a mesma finalidade.

Também para o início da tarde desta mesma quarta-feira, em frente a Escola Estadual Márcio Cunha, no Bairro Horto, está previsto um ato. Com o apoio da comunidade escolar de diversas escolas estaduais, os manifestantes pretendem seguir, com apitaço e buzinaço, em carreata, até a Superintendência Regional de Ensino, em Coronel Fabriciano, local em que farão nova manifestação.

 O Sind-UTE/MG, subsede de Ipatinga, sempre junto dos/as trabalhadores/as em educação participa ativamente de todos esses eventos e salienta ser inadmissível que as conquistas obtidas sejam retiradas da categoria, prejudicando todos/as os servidores/as, estudantes e famílias. Para o sindicato, o momento é de união de forças e de luta contra toda e qualquer forma de injustiça ou retrocesso na Educação.