HOME    /   O SINDICATO    /    SERVIÇOS    /    CONVÊNIOS   /    ACT e CCT    /   NOTÍCIAS    /   BOLETINS    /   CONTATO

  NOTÍCIAS E ARTIGOS
     
 
    Deputado busca solução para o entorno do Hospital Márcio Cunha em Ipatinga
 
 

O deputado Celinho do Sinttrocel esteve reunido com o prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão, nessa quinta-feira (23/02) para discutir diversos problemas que ocorrem na área em torno do hospital Márcio Cunha, principalmente na Unidade do bairro das Águas, que vão desde acidentes de trânsito a questões de utilização de instalações sanitárias do hospital por diversos usuários.

Segundo o deputado, a questão foi levantada pelo Sindicato dos Rodoviários de Coronel Fabriciano, que tem no seu acordo de trabalho com a empresa Saritur, a exigência de instalações sanitárias nos pontos finais dos ônibus para atender a motoristas e trocadores. O parlamentar relata que os rodoviários utilizam as instalações do hospital que, entretanto, são usadas também por taxistas, vendedores ambulantes, além do público que usa as dependências do hospital. “Essa utilização tem causado vários transtornos não só para usuários, como para o próprio hospital”, explica.

Além disso, o traçado das vias e o estacionamento reduzido têm gerado muitos problemas no trânsito em volta do hospital, contribuindo para a ocorrência de acidentes graves. “Estivemos com representantes da Fundação São Francisco Xavier que nos apresentaram todas as dificuldades e nos solicitaram uma intermediação junto à prefeitura, para que possamos discutir conjuntamente uma solução para estes problemas”, contou Celinho.



Conforme o deputado, o presidente do Sinttrocel, Marlúcio Negro da Silva, o assessor de Relações Institucionais da FSFX, José Carlos de Carvalho Gallinari, o vereador Vanderson José da Silva e representantes da empresa Saritur apresentaram ao prefeito a necessidade de implantação de um projeto para o entorno, que contemple novo traçado de vias e a construção de instalações sanitárias fora da área do hospital.

O prefeito Sebastião Quintão, segundo Celinho, entendeu a exposição de motivos e se comprometeu a elaborar o projeto, já marcando uma nova reunião deste grupo para o dia 14 de março, já visando o detalhamento de todas as demandas.